4 de abr de 2016

PROCESSO 027/2015

RESULTADO DE JULGAMENTO:
POR UNANIMIDADE DE VOTOS A EQUIPE BARBALHA FUTEBOL CLUBE, AGREMIAÇÃO PROFISSIONAL FOI ABSOLVIDA DAS PENAS DO ARTIGO 206, DO CBJD, POR FORÇA DO QUE REGE O ART. 30 E SEU PARÁGRAFO ÚNICO DO ESTATUTO DO TORCEDOR.
  
PALAVRA DADA AO AUDITOR PRESIDENTE DR. HAROLDO REBOUÇAS PARA PROFERIR O VOTO

PALAVRA DADA AO AUDITOR DR. FERNANDO PARA PROFERIR O VOTO

PALAVRA DADA AO AUDITOR DR. EUGENIO PARA PROFERIR O VOTO

PALAVRA DADA AO RELATOR DR. REGYS SILVA PARA PROFERIR O VOTO

PALAVRA DADA AO DEFENSOR DR. EDISON MOURÃO QUE INICIA A DEFESA DO DENUNCIADO. HONORÁRIOS ARBITRADOS EM R$ 100,00 AO DENUNCIADO.

PALAVRA DADA A PROCURADORIA QUE SUSTENTA NA INTEGRA A DENUNCIA.

A REQUERIMENTO DA PROCURADORIA ESTÁ SENDO OUVIDA A TESTEMUNHA, SR. JULIO MANSO.

PALAVRA DADA AO RELATOR DR. REGYS SILVA PARA PROFERIR RELATÓRIO.

.: Para entender o caso:
ESTÁ SENDO DENUNCIADA PELA PROCURADORIA A EQUIPE BARBALHA FUTEBOL CLUBE, AGREMIAÇÃO PROFISSIONAL; POR ATRASO DE 30 MINUTOS PARA O INICIO DA PARTIDA. O ATRASO SEU DEU POR CONTA DA AUSÊNCIA DE PAGAMENTO DAS COMPONENTES TAXAS/DESPESAS DA EQUIPE DE ARBITRAGEM; PELO QUE FOI ENQUADRADO NO ARTIGO 206, DO CBJD.