3 de mai de 2016

PROCESSO 066/2016:


.: Para entender o caso:

ESTÁ SENDO DENUNCIADO PELA PROCURADORIA O ATLETA DA EQUIPE QUIXADÁ FUTEBOL CLUBE, SR. EVERTON FELIPE DA SILVA SANTOS; CONSTA NA SÚMULA DA PARTIDA QUE AOS 40’ MINUTOS DO 2° TEMPO O DENUNCIADO FOI EXPULSO DIRETAMENTE, EM VIRTUDE DE TER PISADO NA PERNA DE SEU ADVERSÁRIO. PELO QUE FOI ENQUADRADO NOS ARTIGOS 254-A, I E 258, §2°, II, AMBOS DO CBJD.


TAMBÉM, ESTÃO SENDO DENUNCIADAS PELA PROCURADORIA AS EQUIPE QUIXADÁ FUTEBOL CLUBE E ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA TIRADENTES, AGREMIAÇÕES PROFISSIONAIS; CONSTA AINDA NA SÚMULA DA PARTIDA QUE AMBAS AS EQUIPES DERAM CAUSA A ATRASO NO INCIO DO JOGO. PELO QUE FORAM ENQUADRADAS NO ARTIGO 206, DO CBJD.

PALAVRA DADA AO RELATOR DR. FRANKLIN CRUZ CRUZ PARA PROFERIR RELATÓRIO.


PALAVRA DADA A PROCURADORIA QUE RATIFICA A DENUNCIA NA INTEGRA.


PALAVRA DADA AO DEFENSOR DR. DÊNNIS LUIZ QUE INICIA A DEFESA DO DENUNCIADO. HONORÁRIOS ARBITRADOS EM R$ 100,00 POR DENUNCIADO.


PALAVRA DADA AO RELATOR DR. FRANKLIN CRUZ PARA PROFERIR O VOTO E,

 PALAVRA DADA AO AUDITOR DR. CARLOS ANDRÉ PROFERIR O VOTO;

PALAVRA DADA AO AUDITOR DR. JOÃO BATISTA PROFERIR O VOTO;

PALAVRA DADA AO AUDITOR VICE-PRESIDENTE DR. EDÉSIO DO NASCIMENTO, NO EXERCÍCIO DA PRESIDÊNCIA, PARA PROFERIR O VOTO E,

 RESULTADO DE JULGAMENTO:
POR MAIORIA DE VOTOS O ATLETA DA EQUIPE QUIXADÁ FUTEBOL CLUBE, SR. EVERTON FELIPE DA SILVA SANTOS, TEVE SUA DENÚNCIA DESCLASSIFICADA PARA O ARTIGO 250, DO CBJD E FOI APENADO EM 01 (UMA) PARTIDA DE SUSPENSÃO POR INFRAÇÃO AO CITADO ARTIGO. E POR UNANIMIDADE DE VOTOS FOI ABSOLVIDO DAS PENAS DO ARTIGO 258, §2°, II, DO CBJD.

TAMBÉM, POR MAIORIA DE VOTOS A EQUIPE QUIXADÁ FUTEBOL CLUBE, AGREMIAÇÃO PROFISSIONAL, FOI APENADA AO PAGAMENTO DE MULTA DE R$ 100,00 (CEM REAIS) POR MINUTO TOTALIZANDO EM R$ 1.000,00 (UM MIL REAIS) POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 206, DO CBJD. SENDO FIXADO O PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS PARA O CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO.

IGUALMENTE, POR MAIORIA DE VOTOS A EQUIPE ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA TIRADENTES, AGREMIAÇÃO PROFISSIONAL, FOI APENADA AO PAGAMENTO DE MULTA DE R$ 100,00 (CEM) POR MINUTOS TOTALIZANDO R$1000,00 (UM MIL REAIS)  POR INFRAÇÃO AO ARTIGO 206, DO CBJD. SENDO FIXADO O PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS PARA O CUMPRIMENTO DA OBRIGAÇÃO.